News Details

  • Home
  • MÍDIA INDOOR: O QUE ELA PODE FAZER PELA SUA ESTRATÉGIA DE ENDOMARKETING
22 de julho de 2021 paloma 0 Comments

MÍDIA INDOOR: O QUE ELA PODE FAZER PELA SUA ESTRATÉGIA DE ENDOMARKETING

A tecnologia tem sido uma grande aliada na missão de conquistar clientes e engajar equipes. Uma das estratégias que se mostra como ótima opção para esse planejamento é a mídia indoor.

Hoje sabe-se da importância de atrair a atenção do público interno e do quão desafiadora essa tarefa é, principalmente com a correria diária e as diversas responsabilidades enfrentadas dentro de uma empresa.

Ao mesmo tempo, a importância do endomarketing e o fortalecimento do engajamento entre as equipes internas também ganha espaço na pauta da gestão. 

Isso porque é notável que os níveis de engajamento refletem diretamente no desempenho das atividades internas e, consequentemente, na percepção que o público externo tem da empresa.

ENGAJAMENTO DE PESSOAL: QUAL A IMPORTÂNCIA?


Antes de falarmos sobre mídia indoor, precisamos entender qual a importância de incentivar o engajamento dentro de uma estratégia de gestão de capital humano.

O engajamento se refere à ligação que o profissional adquire com a organização em que trabalha. Quando colocamos dessa forma, não estamos remetendo a contratos e nada do gênero, mas sim ao lado emocional.

Há o estabelecimento de um vínculo psicológico e afetivo com as atividades envolvidas, os colegas de trabalho, a rotina, a busca por bons resultados e tudo o mais que se refere àquele ambiente.

Consequentemente, a postura do colaborador se torna mais cooperativa, otimista, proativa e disposta a arregaçar as mangas todos os dias e dar o seu melhor. Sem dúvidas, é um profissional mais produtivo e eficiente, que entrega qualidade em qualquer projeto.

O engajamento é essencial para o fortalecimento da cultura organizacional, e é papel da empresa fornecer as ferramentas que estimulam essa ligação, já que ela influencia diretamente em diversos aspectos, como por exemplo:

DESEMPENHO 


Como vimos, o engajamento está diretamente presente na forma como o profissional trabalha e no quanto se dedica à suas funções. 

O desempenho da empresa, por sua vez, depende de pessoas constantemente motivadas e de equipes que possam trocar ideias mais livremente.

CLIMA ORGANIZACIONAL


A construção de um ambiente de trabalho saudável depende muito do quanto os profissionais que ali atuam realmente estão emocionalmente.

Além das relações entre colegas, que deve ser baseada no espírito de cooperação, é preciso que a empresa esteja atenta à cobranças excessivas, metas inalcançáveis e cargas de trabalho muito longas.

Os líderes, da mesma forma, devem manter uma postura aberta, de incentivo, evitando comportamentos controladores e autoritários que podem inibir e desestimular as equipes.

VISÃO EXTERNA


Colaboradores pouco engajados e que não se interessam pelo trabalho acabam levando uma imagem pouco positiva para o ambiente externo à empresa.

Assim, o público de fora acaba associando a marca à uma organização que não cuida de seus profissionais, que tem um ambiente pesado e desmotivador.

Considerando que o consumidor está cada vez mais exigente e que aspectos como esse podem impactar diretamente na aceitação e desempenho da marca, essas impressões não são nada positivas.