News Details

  • Home
  • O que é Big Data Marketing e por que sua empresa precisa disso?
13 de agosto de 2021 paloma 0 Comments

O que é Big Data Marketing e por que sua empresa precisa disso?

O Big Data Marketing, como o próprio nome sugere, é o conceito de Big Data aplicado ao Marketing. O que nem todo mundo sabe é que a prática vem ganhando tanto espaço que já existem cursos de pós-graduação focados nisso. Mas, afinal, por que minha empresa precisa se preocupar com isso?

Foi para responder a essa e outras dúvidas que criamos este post especial sobre o tema. A seguir, revisamos brevemente o conceito de Big Data e os 5 V’s que sustentam essa tecnologia para, então, mostrarmos como ela é aplicada ao marketing. 

Quais são os 5 V’s do Big Data?

O conceito de Big Data se refere à prática de coletar, armazenar, processar e interpretar um grande volume de dados. O objetivo é gerar informação relevante para embasar a estratégia e as tomadas de decisão de uma organização. Nos últimos anos, essa tecnologia ganhou destaque como um dos pilares da transformação digital.

Contudo, é natural que o conceito seja abordado de forma um tanto abstrata, deixando dúvidas sobre como ele de fato funciona — e como é aplicado a uma área como o marketing. Se quer entender definitivamente o assunto, basta conhecer os 5 V’s por trás do Big Data. Explicamos para você.

1. Volume

Uma das principais características do Big Data é o volume gigantesco de dados. Afinal, se as informações forem escassas, temos duas alternativas: a análise pode ser limitada e irrelevante; ou um ser humano pode dar conta disso sem o suporte de um software que identifique padrões e faça análises complexas.

2. Variedade

Outro fator importante para a qualidade da informação gerada é a variedade de dados. Em geral, eles são de dois tipos: os estruturados, que já têm um formato definido, e os não estruturados. Nesse caso, o desafio é justamente tornar esse material interpretável.

3. Velocidade

O terceiro V diz respeito à velocidade. Em um mundo digitalizado, o tempo é um fator crucial para o sucesso de uma estratégia de negócios. Por isso, todo o processo deve ser ágil — se possível, instantâneo.

4. Veracidade

A confiabilidade dos dados também é um quesito importante. Qual é a fonte? Como eles foram coletados? Qual a garantia de veracidade? São perguntas importantes para garantir que a empresa possa confiar nas informações tiradas dali.

5. Valor

Por fim, o valor dos dados é crucial para o uso do Big Data. Afinal, que potencial eles têm para serem transformados em informação relevante? Um exemplo disso é imaginar que tipos de dados podem ser usados para o marketing. Por mais que sejam muitos, alguns são mais valiosos que outros.

Tendo isso em mente, vejamos agora o que exatamente é o Big Data aplicado ao Marketing.

O que é Big Data Marketing?

A aplicação do Big Data ao Marketing envolve a geração de informações relevantes para embasar as decisões tomadas pelo marketing. Antes de abordarmos um exemplo prático, é interessante esclarecer uma diferença importante. Afinal, já parou para pensar no que caracteriza um conjunto de dados e a partir de que momento eles se tornam informação?

No contexto do Big Data, a transformação se dá na fase de processamento. Os dados coletados são refinados e processados para gerar informação relevante. Na prática, uma solução de Analytics, por exemplo, identifica padrões e faz análises com modelos estatísticos e matemáticos para gerar insights relevantes.

Seu departamento de marketing pode captar todos os dados cedidos pelos seus clientes para mapear o perfil do consumidor: idade, produtos favoritos, origem e horário dos acessos ao seu site, quanto costumam gastar etc. Transformar isso em informação relevante envolve essa etapa de análise.

Ao cruzar os dados, o software pode identificar, por exemplo, que faixa etária costuma comprar um produto X no seu site, em que horário a taxa de cliques no anúncio daquele produto foi maior e que outros itens foram comprados juntos. Isso é o que podemos chamar de informação relevante.

Quais os benefícios para sua empresa?

O uso do Big Data Marketing, de forma bem objetiva, leva a automatização de processos a um nível superior. Não se trata apenas de agilizar atividades repetitivas: estamos falando de automatizar tomadas de decisão em tempo real.

O exemplo acima mostra como isso acontece. Com os insights gerados você poderia aperfeiçoar seus anúncios online, investindo nos que dão mais resultados e disparando-os nos horários de maior acesso daquele público.

Se você tem um e-commerce, pode ainda sugerir a compra dos produtos mais vendidos em conjunto na página do item desejado. Já o marketing de conteúdo pode criar sua Buyer’s Persona com base nesse perfil detalhado do seu cliente.

Os benefícios, é claro, vão além.

Estratégia personalizada

As informações fornecidas permitem que você crie campanhas personalizadas para cada público da sua empresa. Até a precificação pode ser ajustada para melhorar sua competitividade.

Redução de custos

De forma geral, o Big Data Marketing ajuda você a entender melhor o desempenho da sua empresa. Logo, é possível aperfeiçoar a estratégia de marketing continuamente, melhorando sua eficiência e reduzindo custos. 

Já parou para pensar em quanto você gasta com cliques anúncios no Google Ads, por exemplo? Qual a taxa de vendas a partir desses acessos? O uso de informação relevante ajuda a identificar que decisões dão resultados melhores, abrindo espaço para que você defina com mais segurança onde e quanto vai investir.

Por fim, tenha em mente que essa é uma tecnologia acessível, sobretudo com o avanço das soluções em nuvem. Logo, é preciso abrir os olhos para tirar proveito dessa oportunidade e ser mais competitivo. Em tempos de transformação digital, é importante ajustar as velas e investir em tecnologia para navegar com mais segurança.

Fonte: https://outmarketing.com.br/big-data-marketing/