News Details

  • Home
  • O que é comunicação empresarial e qual a sua importância
comunicação empresarial
17 de março de 2020 diego.garcia 0 Comments

O que é comunicação empresarial e qual a sua importância

O que é comunicação empresarial

Entenda o que é comunicação empresarial, sua relevância e as diferenças entre interna e externa

É de extrema importância adotar algum plano para a comunicação com os colaboradores e clientes de uma corporação. Você sabe o que é comunicação empresarial? Entenda mais sobre as divisões e como ela funciona.

Afina, o que é comunicação empresarial?

A comunicação empresarial é uma estratégia tomada para fortalecer a imagem de uma marca perante aos seus públicos, sejam eles internos, como colaboradores, ou externos, como clientes. Por isso, cada estratégia funciona de um jeito diferente, pois visam objetivos distintos.

Essa prática é fundamental para uma empresa que busca ter as suas informações alinhadas com o público que deseja atingir. Ela está dividida entre dois métodos: comunicação interna e externa. 

Comunicação interna

Valorizar o funcionário, engajar e deixar informado sobre tudo que aconteceu ou que vai acontecer são objetivos da comunicação interna. Ela pode auxiliar em questões importantes de uma corporação, como, por exemplo, diminuir a rotatividade e aumentar a produtividade. Afinal, os colaboradores estarão motivados.

comunicação empresarial

É preciso que os profissionais acreditem na filosofia da empresa e realmente “vistam a camisa”. Para isso, é necessário criar estratégias para uma aproximação entre colaborador e corporação. Os colaboradores têm de ser um reflexo do que a empresa representa. Dessa forma, um cliente pode encontrá-lo fora da empresa e a imagem da corporação pode ser manchada caso seja descoberto que não é nada daquilo que passam para o público externo.

Comunicação interna na prática

Isso pode acontecer por meio de algumas alternativas, entre elas:

  • Intranet – é acessado pelo navegador da web, mas somente funcionários conseguem visualizar. Esse meio permite uma comunicação facilitada e padronizada;
  • Redes sociais corporativas – é uma ferramenta nova no mercado, mas de fácil uso e que pode gerar grande engajamento com os funcionários;
  • Mural – serve para deixar lembretes e avisos aos colaboradores. Lembre-se: essa alternativa só funcionará se estiver em um local que seja de fácil visualização a todos;
  • TV corporativa – é a alternativa de maior eficácia, pois consegue cumprir a função do mural, mas de forma digitalizada e sustentável, além de chamar a atenção do colaborador por ser multimídia 
  • Outros – além dos citados, existem outros meios de comunicação com os funcionários, como e-mail, newsletter, manual do colaborador, caixa de sugestões (abertas ou anônimas), reuniões e videoconferência. 

TV corporativa

A TV corporativa é a forma mais indicada de se comunicar os colaboradores. Porém, para seu bom funcionamento, é preciso ser estratégico. Siga as dicas:

  • Faça conteúdos curtos e objetivos, pois a mensagem precisa ser entendida por todos;
  • Utilize um layout bonito e atraente para chamar a atenção dos colaboradores;
  • Atualize constantemente;
  • Transmita notícias que sejam relevantes para todos, mas não esqueça que o foco maior é a corporação.

Comunicação externa

A imagem que uma corporação possui perante a opinião pública e seus clientes é trabalhada por meio da comunicação externa.

Existem processos que devem ser seguidos para bons resultados. Entre eles estão incluídos atividades de assessoria de imprensa, campanhas institucionais e de branding, relações públicas e gestão das redes sociais. Tudo isso tem por objetivo o fortalecimento da marca. Também serve para deixar o público externo bem informado, seja com promoções, novidades ou até mesmo algum comunicado.

Como executar um plano

Como já citado, o trabalho de assessoria de imprensa é o principal meio para uma boa comunicação externa. É importante que ter um profissional que saiba lidar em momentos de crise, além de ter um pensamento estratégico para conseguir bons resultados. O próprio assessor pode contratar ações de branding – que servem para o fortalecimento da marca -, campanhas institucionais, relações públicas e cuidar das redes sociais.