News Details

  • Home
  • O que é Data Driven Marketing?
13 de agosto de 2021 paloma 0 Comments

O que é Data Driven Marketing?

O conceito de Marketing orientado por dados diz respeito ao uso inteligente da informação para embasar a estratégia de marketing de uma empresa. Nesse contexto, o termo inteligência se refere ao processamento digital de dados para transformá-los em insights relevantes e confiáveis.

O investimento nisso vem crescendo mundialmente. Segundo dados da Gartner, o gasto global com TI deve chegar à casa dos 4 trilhões de dólares em 2021. Entre os principais focos de investimento estão os servidores para armazenamento de dados.

Isso ajuda a entender por que a informação se tornou o ativo mais valioso para o marketing nos dias atuais. São mais de 75 bilhões de dispositivos gerando dados a todo momento, o que abre espaço para insights que dependem basicamente da criatividade de quem processa esse material.

Redes sociais, e-commerces, pesquisas no Google e blogs são apenas alguns exemplos de ambientes virtuais que servem de fonte para captação de dados. Por isso, o marketing orientado por dados está próximo de deixar de ser uma tendência e se tornar uma questão de sobrevivência para as empresas.

Quem abre mão dessa estratégia e foca em práticas que estão se tornando obsoletas tende a perder espaço no mercado. Para organizações de setores que dependem profundamente do mundo digital, como empresas de TI e B2B, a questão é ainda mais crítica.

Por isso, vale a pena entender os impactos dessa nova forma de guiar o marketing da sua organização e tirar proveito das oportunidades.

Como o Data Drive Marketing ajuda a aumentar seus leads?

Tomar decisões com base em dados relevantes e confiáveis ajuda sua empresa a entender melhor seu cliente. Estamos falando de ir além do perfil pessoal e socioeconômico. Uma estratégia eficiente permite identificar, por exemplo, que caminhos levam as pessoas até seu site e que conteúdos digitais elas consomem.

Um dos desafios que o Data Driven Marketing ajuda a superar é a qualificação dos leads. Isso significa não apenas posicionar sua marca na internet, mas de alcançar quem está realmente interessado nos seus produtos e serviços.

Não é à toa que um bom departamento de marketing de conteúdo, por exemplo, cria diferentes modelos de Buyer’s Persona. Entendendo que não há um perfil homogêneo de consumidor dos seus produtos, essas empresas buscam diversificar sua abordagem para adequá-la aos diferentes públicos.

A coleta de dados ajuda a criar campanhas personalizadas para humanizar o relacionamento com seus clientes em potencial. Onde e quando essas pessoas acessam as redes sociais? Qual a melhor hora para enviar uma newsletter? Que combinações de produtos faz mais sentido oferecer na sua loja virtual?

São questões que a análise sistemática dos dados ajuda a responder. O resultado é um investimento mais assertivo: você cria conteúdos e impulsiona suas publicações com objetivos mais específicos. Os resultados podem ser vistos em indicadores de desempenho, como detalharemos a seguir.

Quais os benefícios do Data Driven Marketing?

De forma bem objetiva, o Marketing orientado por dados ajuda sua empresa a reduzir as decisões baseadas em achismo ou no feeling do gestor. Por mais que a experiência seja fundamental nessa e em outras áreas, é importante que o CEO tenha uma noção mais clara de qual o retorno pode alcançar com os investimentos feitos no marketing.

Isso impacta toda a estratégia de negócios, pois será a base para prospecções futuras. Até mesmo uma negociação para venda de ações de uma empresa depende do potencial que ela tem para gerar receita — e sua capacidade de conquistar novos leads influencia esse cálculo.

Otimização do tempo do gestor

Com a tecnologia trabalhando a seu favor, o gestor ganha tempo para focar naquilo que realmente exige seu tempo. Em vez de passar um longo tempo estudando o retorno dos investimentos no Google Ads para elaborar novas campanhas de marketing, por exemplo, ele pode contar com relatórios gerados automaticamente por um software.

Algumas plataformas de Analytics também oferecem dashboards, gráficos e outros recursos para facilitar a interpretação e agilizar o uso dos dados. O Google Ads é um exemplo disso. A plataforma conta com KPIs que mostram em tempo real o desempenho dos anúncios dos seus produtos.

Redução de custos

Quando o marketing consegue melhorar a qualidade dos leads captados, o custo operacional é menor. Afinal, isso significa que foi preciso investir menos para atrair a mesma quantidade de clientes — e essa mesma lógica se aplica à conversão de vendas.

Maior adaptabilidade

Decisões baseadas em dados são essenciais para que a empresa responda com rapidez às demandas do mercado. Isso significa capacidade de adaptação, algo que ajuda a navegar pelas águas turbulentas de uma crise, mas também a aproveitar oportunidades de crescimento.

Os dados são a matéria-prima de análises futuras. Mesmo antes da transformação digital, as organizações já faziam análises do próprio desempenho para planejar suas atividades ano após ano. Agora, a capacidade de análise foi aumentada exponencialmente, já que podemos contar com softwares e a Inteligência Artificial.

Dito isso, é preciso ter em mente que quem toma suas decisões com base em informações confiáveis e relevantes tende a se destacar e conquistar mais clientes. Na direção oposta, quem insiste em práticas menos eficientes — ou quase obsoletas — deve perder espaço gradativamente.

O Data Driven Marketing mostra que isso já é uma realidade no mundo digital. Então, tire proveito do que há de melhor em tecnologia e promova essa mudança de pensamento na sua empresa. Assim, você conquista uma importante redução de custos e ainda fortalece sua marca em um mercado tão concorrido!

Fonte: https://outmarketing.com.br/data-driven-marketing-como-usar-dados-para-aumentar-seus-leads/